• Cirque Brasil

Afinal de contas, o que é Cirquish?


O Cirquish (conhecido também como idioma Saltimbanco) é uma linguagem de ficção "inventada" pelo Cirque du Soleil para uso nos diálogos e composição das músicas de seus shows.

O Cirquish é um neologismo léxico para o grammelot, um estilo de linguagem, de origem no século XVI e difundido pela commedia dell'arte, que usa de ferramentas recitativas para criar sons, onomatopeia, sotaques e palavras desprovidas de significado em um discurso.

Embora o uso de palavras étnicas tenham sido utilizadas em 'Nouvelle Expérience', foi a partir de Saltimbanco, que os compositores passaram a usar o grammelot como recurso na criação das músicas do show. Daí o fato do Cirquish ser também conhecido pelos fãs como a ‘linguagem Saltimbanco’.

Salva algumas exceções, como ‘Luzia’ - show inspirado na cultura mexicana, ‘Toruk the first flight’ - que usa a linguagem na’vi e ‘Ovo’, que mistura português, francês e Cirquish em suas músicas e diálogos entre os personagens, o Cirque du Soleil utiliza dessa ferramenta de linguagem para a maioria de seus shows, já que ela permite uma maior aproximação com o público em qualquer lugar do mundo onde a companhia se apresente, não precisando adaptar os “poucos” diálogos e/ou músicas para o idioma local.

Exemplos de composições do Cirque du Soleil em Cirquish

VOCEA

Espetáculo: Varekai

Composição: Violaine Corradi

Svéta da obnavim luna S'douh pleumen vâ garditéna Da polétim da heudim smé Svéta da obnavim luna Hât vibri nad monité dzan zfi Nad monité Napred da hodi mélo CertozidézdaNapred da hodis mčloh Certozité bezmalvina Nétaďnotoh poznayé Svéta da obnavim luna Napred da hodi mélo Certozidézda Napred da hodis mčloh Certozité bezmalvina Nétaďnotoh poznayé Nétaďnotoh poznayé Certozité bezmalvina Napred da hodis mčloh Svéta da obnavim lunaq

PAGEANT

Espetáculo: KÀ

Composição: Violaine Corradi

Sta-va oï-ma re-a-va sta-va koj-té nié-i-via mil-lia oï-ta re-a-va sta-va koj-té nié-i-va mil-lia a-tsu ma-ra con jar-ra a-tso mou-ra'n sta-va a-tsu mi-ra-in cel-la sta-va mil-lia-in jar-raoï-ma ra-a-va sta-va koj-té nié-i-va mil-lia sta-va mil-lia-in jar-ra oï-ta re-a-va sta-va a-tsu ma-ra con jar-ra a-tso mou-ra'n sta-va a-tsu mi-ra-in cel-la sta-va...

Diferentes versões da mesma música

Algumas musicas são também compostas em Cirquish, são também adaptadas em suas versões estudio, para um idioma existente, como os exemplos abaixo:

Quidam (Cirquish)

Composição: Benoit Jutras

kou-i li kou sua-vé

kio et-ta-la-mi in-no-o kou-i ku sua-vé ka-ko-lía-mo kou-li sua-vé ka-lia-mo es-sa quidam la-mo to-lia da-mo é tão sê quidamquidam es-sa sua-vé la-mo es-sa sua-vé la-mo quidam es-sa sua-vé la-mo es-sa sua-ve la-mo quidam es-sa sua-vé la-mo es- sa sua-ve la-mo ...

Quidam (Estudio)

Composição: Benoit Jutras e J. Corcoran

Your world is yours

not mine Quidam. Your dreams are yours. You may have touched the stars but they weren't moved. And if you reach for me I may not choose to hold your hand. I might smile or I might turn away. An ordinary man, Quidam. I'm everyman. I'm anyman. Quidam, Quidam La nuit recule. D'un rêve à l'autre tu valses. Du creux de toi c'est bien le mal qui dres se tes silences. There's nothing right. There's nothing wrong. I'm one, I'm two. I'm all yet none of you. The truth, the lie, the tear, the laughter, the hand and the empty touch. Here I am alone waiting for the curtain call. An ordinary man, Quidam. I'm everyman. (T'es l'inconnu) I'm anyman. (T'es l'étranger)Quidam, Quidam La nuit recule. D'un rêve à l'autre tu valses. Du creux de toi c'est bien le mal qui dres se tes silences. Bailo en este lienzo de dolor. Funámbulo sin mapa ni brújula. La dulce locura mi sólo refugio. Nazco en la sombra del payaso. Quidam, Quidam La nuit recule. D'un rêve à l'autre tu valses. Du creux de toi c'est bien le mal qui dresse tes silences. Quidam, Quidam aux rives du rêve. Au seuil de l'ombre, tu valses. Autour de toi c'est bien le mal qui dresse tes silences. Quidam, Quidam La nuit recule. (Aux rives du rêve) D'un rêve à l'autre tu valses. (Au seuil de l'ombre tu valses) Du creux de toi (Autour...) c'est bien le mal qui dresse tes silences.

Exemplo de diálogo durante o espetáculo, entre os personagens de Ovo

Referências: https://en.wikipedia.org/wiki/Grammelot

Wikia Cirque du Soleil

https://educalingo.com/pt/dic-it/grammelot


0 visualização

2020 - Cirque Brasil