2020 - Cirque Brasil

  • Cirque Brasil

Guy Laliberté


Guy Laliberté nasceu na cidade de Quebec, em 1959. Acordeonista, perna-de-pau e comedor de fogo, ele fundou o primeiro circo de renome internacional de Quebec, com o apoio de um pequeno grupo de cúmplices. Visionário audacioso, Guy Laliberté reconheceu e desenvolveu os talentos dos artistas de rua da Fête Foraine de Baie-Saint-Paul e criou o Cirque du Soleil em 1984.

Primeira pessoa a promover o casamento do circo com as mais diversas culturas, que acabou por se tornar uma marca do Cirque du Soleil, Guy Laliberté ajudou a elevar as artes circenses ao nível das grandes disciplinas artísticas. Desde 1984, ele orienta a equipe criativa na concepção de cada show.

O Cirque du Soleil tornou-se uma organização internacional, tanto em termos de estrutura quanto no âmbito de suas atividades e influência. Sua atuação se estende a cinco continentes.

Em outubro de 2007, Guy Laliberté engajou-se em um segundo grande compromisso de vida: criou a Fundação ONE DROP para combater a pobreza ao redor do globo, proporcionando acesso sustentável a água potável. Este novo sonho surgiu da certeza de que o direito à água é a chave para a sobrevivência de indivíduos e comunidades em todo o mundo e dos valores que estão no coração do Cirque du Soleil desde a sua criação: a crença de que a vida lhe devolve tudo o que você dá aos outros e que mesmo o menor dos gestos pode fazer a diferença.

Em setembro de 2009, Guy Laliberté se tornou o primeiro explorador espacial privado

canadense. Sua missão teve a finalidade de ampliar a conscientização sobre os problemas que a humanidade enfrenta no planeta Terra em relação à água. Sob o tema Moving Stars e Earth for Water, esta primeira Missão Social Poética ao espaço buscava tocar as pessoas com uma abordagem artística: a transmissão via internet de um programa especial de 120 minutos reunindo várias apresentações artísticas em 14 cidades de cinco continentes, incluindo a Estação Espacial Internacional.

Principais prêmios e distinções

Em 2011, Guy Laliberté entrou para o Hall da Fama de Negócios Canadense. Em 2010, ganhou sua própria estrela na lendária calçada da fama de Hollywood. No mesmo ano, o governo de Quebec o promoveu de Chevalier (uma distinção concedida seis anos mais cedo) a Officier como membro da Ordem de la Pléiade. A Universidade Laval (Quebec) lhe concedeu o título de Doutor Honorário em 2008, um ano depois de Guy Laliberté receber o Prêmio Ernst & Young de Empreendedor do Ano em três níveis: Quebec, Canadá e Internacional.

Em 2004, ele recebeu do Governador Geral do Canadá a Ordem do Canadá, a mais alta

distinção do país. No mesmo ano, foi reconhecido pela Time Magazine como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Em 2003, foi homenageado pelo grupo Condé Nast como parte do Programa Never Follow, um tributo a criadores e inovadores. Em 2001, foi nomeado Great Montrealer pela Académie des Grands Montréalais. Em 1997, Guy Laliberté recebeu a Ordem Nacional de Quebec, a mais alta distinção concedida pelo Governo do Quebec.

Fonte: Press Kit - Cirque du Soleil

#Biografia

68 visualizações