2019 - Cirque Brasil

  • Facebook B&W
  • Instagram B&W

Usher - a porta de entrada para o Cirque du Soleil

22.11.2019

A cada cidade que o Cirque du Soleil passa, dezenas de pessoas são contratadas localmente para atuar em diferentes funções, como garçons, assistentes de cozinha e vestuário, seguranças, faxineiros, vendedores de souvenires e alimentos e bebidas. Mas um dos cargos mais cobiçados, principalmente por aqueles que querem viver uma experiência mais imersiva no “universo” Soleil, é o de “Usher”.

 

O Usher é uma espécie de recepcionistas e o primeiro contato do público com o Cirque du Soleil e, é por isso devem ser atenciosos e ágeis na resolução de questões inesperadas.

 

Há 7 diferentes posições em que um Usher pode atuar, inclusive, concomitantemente/ sequencialmente. São elas: Gate, Fila, Concession, Tapis Rouge, Blackout, Lockout, Mast/Tec – Palco/Tec.

 

  • Gate: É o usher que ficam na entrada, antes da bilheteria, prestando orientações de acesso e compra de ingressos. Pode ainda acompanhar as equipes de segurança na revista do público para acesso a tenda.

 

  • Fila: Cabe ao usher que atua nessa área, organizar as filas que se formam para acesso a tenda de concession (área das lojinhas de souvenires, alimentos e bebidas)

 

  • Concession: Nessa posição o usher é organizado em dupla com um outro usher nas portas de acesso, verificam os ingressos (data, hora da sessão, comprovação de meia-entrada) e dando as boas-vindas ao público.

 

  • Tapis Rouge: Host/hostess, como é conhecido o usher que atua no Tapis Rouge, é o responsável por receber o público VIP, verificando suas credenciais, orientando sobre os serviços disponíveis, distribuindo os brindes e encaminhando esse grupo para seus assentos antes e após o intervalo do show. Para essa posição é recomendado que o usher fale inglês, além da lingua local (no caso do Brasil).

 

  • Blackout: Em alguns shows, para a execução de determinados atos, é necessário que haja escuridão total, dessa forma o usher é posicionado dentro da big top e tem como responsabilidade cobrir as luzes de emergência e não deixar ninguém entrar ou sair, de forma a entrar claridade. Após a execução do ato, as luzes de emergência são descobertas e é autorizado a entrada e/ou saída de pessoas da big top.

 

  • Lockout: É o usher que é posicionado do lado de fora da porta de acesso a big top orientando, caso haja alguém do lado de fora, que não pode entrar naquele determinado momento, para não vazar claridade dentro da tenda.

 

  • Mast/Tec e Palco/Tec: É o usher que presta apoio a equipe técnica durante o espetáculo, não deixando que ninguém se aproxime dos mastros, cabos, palco ou qualquer outra área que possa oferecer algum risco aos artistas, equipe técnica ou ao público.

 

De forma geral, todos os ushers que atuam no Cirque, são responsáveis ainda por:

 

  • Responder às perguntas dos clientes e lidar adequadamente com reclamações ou sugestões

  • Orientar o público sobre o não uso de flashes e filmagens durante a sessão.

  • Garantir que todas as necessidades do cliente sejam atendidas

  • Iluminar o caminho com lanternas quando os clientes chegam ou saem de seus assentos

  •  Ajudar a identificar clientes perdidos

  •  Garantir que todos cumpram as regras de segurança

  • Limpar a big top - varrendo e recolhendo detritos deixados pelo público.

  • Prestar assistência aos clientes com necessidades especiais

  • Verificar se os caminhos de saída estão adequadamente iluminados

  • Certificar-se de que nada esteja obstruindo as saídas

  • Ajudar o público a subir e a descer escadas/rampas

  • Executa outras tarefas de mesma natureza, conforme necessário

 

Há ainda uma variação dos ushers, que são os Followers e Head Usher.

 

Os Followers são usher que atuaram em uma determinada cidade e optaram por seguir o Cirque, atuando nessa mesma função, nas demais cidades que o show se apresenta. Assim como os ushers, os followers não são funcionários diretos do Cirque du Soleil, sendo esses responsáveis pelos seus custos de permanência na cidade (recebe o mesmo salário como os demais ushers locais)

 

Já os Head Usher são funcionários do Cirque du Soleil, responsáveis pela coordenação das equipes de ushers locais. Eles acompanham o show em todas as cidades durante a sua turnê e tem todos os seus gastos com estadia, alimentação, deslocamento, custeados pelo Cirque. Geralmente os Head Usher são ex-followers, que por conta de sua experiência e outras habilidades (idioma, relacionamento com cliente, entre outros) são contratados pelos Cirque du Soleil para essa posição.

 

Confira abaixo alguns depoimentos de ushers ou ex-usher do Cirque du Soleil:

 

"Há quase dois meses me juntei ao espetáculo Alegria: in the new light, como usher e definitivamente, estou adorando meu trabalho. Como usher você tem a oportunidade de assistir ao show todas as noites, o que é incrível Os clientes são ótimos e na maioria das vezes chegam e saem muito animados para/do show. É muito divertido também ver as crianças saindo do espetáculo dando piruetas.

Ocasionalmente nos deparamos com um ou outro cliente rude, mas nada que seja inesperado, uma vez que somos preparados para lidar com qualquer tipo de situação. Como usher você também precisa estar preparado para ajudar com a limpeza da tenda, especialmente em Alegria que tem muita neve (do número “snow storm”)”.

Após Toronto seguirei como usher do espetáculo Alegria pela turnê Americana (Miami, Houston, Austin, Chicago, Washington DC) e Canadense (Vancouver)."

 

Amy Longousher do espetáculo Alegria: in the new light (2019)

 

 

 

 

“Comecei como hostess no Tapis Rouge de Quidam (São Paulo, 2010), depois trabalhei como usher em Varekai (São Paulo, 2011 - 2012), onde segui com o show como follower, para o Rio de Janeiro e Minas Gerais. Atuei novamente como usher em Corteo (São Paulo, 2013) e Amaluna (São Paulo, 2017).

 

Eu sou uma pessoa muito feliz por ter tido a oportunidade de trabalhar no Cirque du Soleil, que para mim é um dos lugares mais mágico do mundo. A cada novo show eu sentia o mesmo frio na barriga da estreia, e cada première era muito comemorada por toda a equipe. Trabalhar no Cirque é um desafio, por conta da correria que um show de turnê requer, mas ao mesmo tempo te permite crescer como profissional, conhecer e lidar com muitas pessoas.

 

O trabalho do usher é totalmente voltado para a satisfação do cliente e isso nem sempre é fácil. Você precisa saber lidar com todo tipo de situação. Algumas pessoas chegam no show com os ânimos alterados e, é importante que você saiba lidar com isso para minimizar qualquer tipo de insatisfação a ponto de transformar o dia daquela pessoa, de modo que ela assista o show tranquilamente e saia da tenda satisfeita.

 

Mas mesmo com todas as dificuldades que as vezes surgem, o que mais vale a pena nesse trabalho é o reconhecimento dos clientes, que saem do espetáculo e vem nos agradecer com lágrimas nos olhos.  Em 2011 (Varekai) eu atendi uma cliente que me reconheceu no show seguinte que eu trabalhei - Corteo (2013). Ela super simpática, me apresentou a toda sua família e, a partir dali nos tornamos amigas. Nos encontramos ainda em Amaluna (2017). Isso me marcou!”

 

Annie Tavaresusher/hostess e follower nas temporadas brasileiras dos espetáculos Quidam (2010), Varekai (2011-2012), Corteo (2013) e Amaluna (2017)

 

No Brasil o recrutamento de ushers para trabalhar nos espetáculos do Cirque du Soleil, é realizado por empresas tercerizadas, coordenadas pela "IMM esporte e entretenimento" (empresa promotora do Cirque du Soleil no Brasil)

 

 

Referência:

  1. ADECCO USA. Disponível em: https://www.adeccousa.com/companies/cirque-du-soleil-jobs/

  2. Fotografia: Usher Varekai - São Paulo 2011 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Cirque brasil

 

A maior fonte de informações sobre o Cirque du Soleil em língua portuguesa, destinada aos fãs brasileiros da Companhia.
 

próximos EVENToS: 

2019 - Brasil                                  Turnê comemorativa  de 10 anos do espetáculo Ovo

 

Em breve mais informações

siga cirque brasil
  • Facebook B&W
  • Instagram B&W
 POSTS recentes: 
Please reload

 procurar por TAGS: